O que o professor pode fazer para melhorar o desempenho dos alunos?

​Indisciplina, problemas familiares, falta de concentração, dificuldade de aprendizagem e, consequentemente, mau desempenho em sala de aula. Em um ambiente hostil ao professor, como ajudar aos alunos?

Será que é possível minimizar essas questões e possibilitar aos estudantes com comportamentos inadequados um rendimento mais positivo?

Sim. Mas é preciso incutir na cabeça dos alunos, mesmo que de forma suave e gradual, a importante relação entre a formação e o mercado de trabalho, cada vez mais competitivo.

Nesse cenário, listamos mais algumas dicas para melhorar o desempenho dos alunos e também o relacionamento entre estudantes e professores. Vamos a elas!

Estabeleça regras mais firmes

Os primeiros dias de aula são ideais para lançar mão de determinados artifícios. Transforme suas regras em uma espécie de jogo, de forma que seus alunos se sintam envolvidos numa atmosfera lúdica.

Mostre ou demonstre o que você espera de seus alunos. Deixá-los seguros e explicar claramente o que você deseja é o primeiro passo para dividir boas experiências com eles. Transparência conta pontos, conquista confiança e minimiza deslizes.

Converse com professores mais experientes

Observe a turma desde os primeiros dias de aula. Tente verificar as maiores qualidades do conjunto dos alunos e, posteriormente, particularize as principais características de cada um.

O que mais te incomoda na turma? É a indisciplina? É a displicência? Uma certa arrogância? Ou simplesmente uma falta de vontade de prestar atenção na aula, típica de criança e de adolescente?

Depois de identificado o problema ou as principais questões, converse com seus colegas na sala de professores, sobretudo, os mais experientes. Talvez eles estejam vivenciando experiências similares às suas.

Logo, é importante ter uma análise mais profunda de quem assiste a tudo do lado de fora e, talvez, possa ajudar com diálogos interativos e soluções viáveis.

Aprenda com os problemas

Na maioria das vezes, a indisciplina escolar é a maior ‘inimiga’ do professor. Evitar rotular os alunos é uma das formas de reduzir as más condutas, já que crianças e adolescentes têm rejeição a esse tipo de atitude ou a comparações entre colegas.

Para minimizar essas questões, tente oferecer à turma aulas interessantes, dinâmicas, sem longos discursos sobre valores ou sobre a importância do comportamento.

Você pode estar se perguntando se essas não são as funções primordiais de um educador. E a resposta é sim. Mas, os alunos, especialmente os indisciplinados, precisam de motivação e estímulo para estarem em sala de aula e com interesse em aprender algo. Portanto, use a sua criatividade para lhes causar curiosidade.

Trabalhe com atividades mais interativas

A melhor forma de manter os estudantes concentrados e focados é criar atividades interativas. Promova debates, divida a turma em equipes, use o quadro, vídeos, livros, imagens, aplicativos; ou seja, misture as diversas ferramentas, de forma que o aluno não se sinta entediado.

Além disso, promova campanhas e projetos em torno de um objetivo final e elogie as melhores iniciativas. Isso fará bem à turma, pois ela se sentirá como parte de um processo.

Estimule o relacionamentos entre alunos

Promova mais integração entre a turma. Use as conversas e brincadeiras entre alunos a favor do professor. Porém, de forma sutil, sempre imponha respeito. E, quando tiver oportunidade, deixe que os alunos debatam mais, participem, opinem, questionem e também proponham soluções.

Pois, essas atitudes que faz com que eles se sintam meio ‘professores’ pode contribuir para maior amizade entre colegas e até mesmo para implementar novas metodologias de ensino. Quem não se sente bem ao trabalhar com uma turma participativa? 

E então? Gostou das dicas para melhorar o desempenho dos alunos? Este e outros textos podem ser lidos no momento em que você quiser. Basta assinar nossa newsletter e aproveitar muito mais!

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"